Sexta-feira, 18 de Julho de 2008

 



Um pai levou o filho pequeno ao fundo de um vale, e disse-lhe: "Grita as palavras: Eu odeio-te!  De repente, o filho assustou-se a ouvir o som do eco: Eu odeio-te, odeio-te, odeio-te, ressoando ao seu redor.


Ele voltou-se para o filho e pediu: "Agora grita as palavras: Amo-te!  o mais alto que conseguires.
Ele gritou com todas as forças, e ouviu:  Amo-te, amo-te, amo-te, amo-te, ecoando ao seu redor.




publicado por Sou às 21:28
TUDO QUE VAI, VOLTA...
Não só as palavras, como os nossos atos em relação ao nosso próximo.
Quem bate esquece, por isso quando acontece algo em nossas vidas, muitas vezes não entendemos porque estamos passando por tal situação, mas com certeza em algum momento você fez o mesmo com algum irmão.
Aceitar tudo que nos acontece com Amor e crendo que é para o nosso bem, pois estamos purificando algo que já fizemos à outrem, é a melhor forma de se caminhar, pois Deus não gosta de lamentações.
Graças a Deus, que Ele me traz tudo na memória, por isso não reclamo quando algo me desagrada.
Que Deus possa dar aceitação à todos, por tudo que tiver que passar.
Fique com Deus,
bjs.
SuEli a 18 de Julho de 2008 às 22:36

Olá Eli, obrigada . Beijos e flores.
Sou a 18 de Julho de 2008 às 23:24

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15

23
26

27
28
29
31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO