Quinta-feira, 14 de Agosto de 2008


 

 Um mestre e um discípulo foram a uma uma região onde havia fartura de arroz mas os habitantes daquele lugar possuíam talas nos seus braços, que os impedia de levarem o alimento à própria boca. No meio daquela fartura, passavam fome e eram fracos e subnutridos!
- Veja! - Disse o Mestre - Isto, é o inferno colectivo.
Em seguida, o Mestre guiou o Discípulo para uma região próxima e mostrou-lhe  que ali também havia fartura de arroz e as pessoas também tinham os braços atados a talas mas eram saudáveis e bem nutridas pois uma levava o arroz à boca do outro, num um processo de interdependência e cooperação mútua.
- E isto é o Céu colectivo.

 



publicado por Sou às 23:42
É uma grande verdade.
O céu e o inferno, depende somente da conduta dos que vivem juntos.
Enquanto não existir esta união, esta solidariedade, este espírito na comunidade que se vive, é impossível que o céu se faça presente.
Que todos possam refletir sobre este tema.
Deus Abençoe e Ilumine a todos,
Fiquem com Deus,
Beijos,
SuEli a 15 de Agosto de 2008 às 01:03

mais sobre mim
Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

13


25
29



pesquisar neste blog
 
blogs SAPO