Domingo, 10 de Maio de 2009




"Mais cedo ou mais tarde, todos temos que aceitar o facto de que, num relacionamento, O outro é o espelho. Você é o reflexo. O nosso parceiro não faz nada além de nos revelar o que sente nesse momento, as suas fragilidades, os seus medos, os seus conceitos construidos, os seus sonhos, os seus ideais, a sua ambição, o seu egoísmo,... Enquanto insistirmos em apontarmos o dedo para ele, continuaremos a perder a oportunidade de o conhecermos e de nos livrarmos de nossos problemas. Aqui vai uma preciosa dica: amamos nos outros o que amamos em nós mesmos. Rejeitamos nos outros aquilo de que não gostamos, aquilo que não escolhemos para nós, aquilo de que temos medo, o que reprimimos em nós  próprios  por razões diversas. Frequentemente, quando estamos zangados, ou quando uma relação vai mal, ficamos cegos ou resistentes em relação aos nossos próprios problemas, fazendo um esforço extraordinário para descarregar tudo na outra pessoa."



publicado por Sou às 22:06
Olá
Pois, algo bem simples que tornamos complicado!

Fica bem

João Gonçalves
Carteiro a 11 de Maio de 2009 às 10:15

mais sobre mim
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
16

17
19
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO