Quarta-feira, 27 de Agosto de 2008

 

Dos Filhos

 


(...) E uma mulher que carregava o filho nos braços disse: “Fala-nos dos filhos.”

 

 

E ele disse:

 

 

Vossos filhos não são vossos filhos.

 

 

São filhos e filhas da ânsia da vida por si mesma.

 

 

Vêm através de vós, mas não de vós.

 

 

E, embora vivam convosco, a vós não pertencem.

 

 

Podeis outorgar-lhes vosso amor, mas não vossos pensamentos,

 

 

Pois eles têm seus próprios pensamentos.

 

 

Podeis abrigar seus corpos, mas não suas almas;

 

 

Pois suas almas moram na mansão do amanhã, que vós não podeis visitar nem mesmo em sonho.

 

 

Podeis esforçar-vos por ser como eles, mas não procureis faze-los como vós,

 

 

Porque a vida não anda para trás e não se demora com os dias passados.

 

 

Vós sois o arco dos quais vossos filhos, quais setas vivas, são arremessados.

 

 

O Arqueiro mira o alvo na senda do infinito e vos estica com Sua força para que suas flechas se projetem, rápidas e para longe.

 

 

Que vosso encurvamento na mão do Arqueiro seja vossa alegria:

 

 

Pois assim como Ele ama a flecha que voa, ama também o arco, que permanece estável.

 

 

 

Kahlil Gibran

 



publicado por Sou às 08:20
BOM DIA, Linda

Para mim que sou mãe, esta é a parte mais difícil de todas, mas com Deus no controle e nos capacitando tudo torna-se possível.

"Vós sois o arco dos quais vossos filhos, quais setas vivas, são arremessados.

O Arqueiro mira o alvo na senda do infinito e vos estica com Sua força para que suas flechas se projetem, rápidas e para longe.

Que vosso encurvamento na mão do Arqueiro seja vossa alegria:

Pois assim como Ele ama a flecha que voa, ama também o arco, que permanece estável."

Quando damos este passo para a renúncia de nossa vida pessoal, somos o Arco, Deus o Arqueiro, nossos filhos as flechas.

Ao renunciarmos estamos entregando à Deus o que Lhe pertence, a fim de que cada um possa seguir o seu destino, pois os que nascem para o Bem o destino dos seus filhos também são para o Bem, só que não da forma que pensamos ou desejamos, mas sim da melhor forma para eles.

Confiar plenamente em que DEUS SABE O QUE FAZ é a melhor forma de seguirmos este caminho, tanto no que se refere a nós como aos nossos entes queridos, pois Deus nos ama muito e sabe que nós não conseguiremos ser felizes se nossos entes queridos não estiverem felizes, também, cada um a sua maneira.

Por isso o respeito pelo querer de cada um é muito importante, para que Deus possa guiar cada um para o seu destino.

Um abençoado dia para todos,

Que Deus os Abençoe, Ilumine e Proteja

Fiquem com Deus,

Beijos,




SuEli a 27 de Agosto de 2008 às 08:39

mais sobre mim
Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

13


25
29



pesquisar neste blog
 
blogs SAPO